Soluções

O crescimento e desenvolvimento urbano vêm concentrando e aglomerando pessoas sem se preocupar com a qualidade de vida e o meio ambiente. Qual será o nosso destino? Será que vamos superar os problemas sócios ambientais? Ou estamos caminhando rumo a um caminho sem volta?

Esta é uma questão alarmante e ao mesmo tempo fundamental para continuidade do nosso planeta, da nossa vida, nossa existência. O homem sobreviveu a inúmeras crises como doenças, guerras, acidentes naturais, mas para isso muito se foi perdido: VIDAS!

Porém não aprendemos a lição, vivemos hoje e caminhamos para o que está previsto para daqui a 50 anos, em breve teremos o esgotamento de muitos recursos naturais, é extrema urgência que todos tenhamos o conhecimento desse fato. Nosso comportamento, decisões e atitudes são controvérsias as necessidades para continuar nossa sobrevivência, agrotóxicos são utilizados em alimentos de forma devastadora, causando inúmeras doenças, o crescimento urbano que se expande, pessoas, famílias inteiras que sem opção constroem suas moradias em área de risco, agredindo dessa forma a natureza que se encarrega de responder da pior forma possível. Queimadas, Desmatamentos, trazem para a civilização animais de várias espécies, hoje sem lugar para habitar, não são eles que invadem o nosso espaço, nós é que tiramos o direito deles viverem no lugar que lhes pertencem, porque então continuamos a fazer aquilo que é errado? Sabemos a destinação incorreta do lixo, porém continuamos produzindo cada vez mais e jogando na natureza. A separação de resíduos ajuda o meio ambiente a se recuperar dos fortes danos já causados pelo homem. Ao reciclar todos se beneficiam: Eu, Você e o Planeta!

Porque reciclar?

Reciclar é pensar de modo sustentável, ajudando o planeta a ser menos poluído. O reaproveitamento de materiais que demoram anos para se decompor na natureza a se tornar matéria-prima faz com que cada ação tomada ajuda o meio ambiente a se recuperar dos danos já causados pela humanidade.

Lixeiras de reciclagem, qual o significado das cores?

As mais comuns são: azul, vermelho, verde e amarelo, porém, existem outras que não são tão utilizadas no dia-a-dia, mas vale a pena conhecer:

  • Azul: papel e papelão
  • Amarelo: metal
  • Vermelho: plástico
  • Verde: vidro
  • Cinza: resíduos não recicláveis, misturados ou contaminados.
  • Laranja: resíduos perigosos
  • Branco: resíduos ambulatoriais e de serviço de saúde
  • Roxo: resíduos radioativos
  • Marrom: resíduos orgânicos
  • Preto: madeira

A separação no lixo evita a contaminação dos materiais reaproveitáveis.

Renotran, soluções inteligentes para uma vida saudável e consciente